terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Férias em Maceió - sozinha com um bebê!

Férias. Em 5 anos de casada com o Alex, só conseguimos tirar férias juntos 2 vezes.
Nos outros anos sempre dei um jeito de viajar (desacompanhada do Alex mas acompanhada de amigos). Só que dessa vez minha companhia seria a Malu, nossa filha de 1 ano e 2 meses.

Como eu viajaria sozinha com a Malu, decidimos que eu iria para um resort, onde teríamos estrutura para brincar, descansar, comer nos horários certos com a comodidade de ter o quarto logo ali, se precisasse trocar uma fralda, tirar uma soneca, etc.

Escolhi o Salinas Maceió Beach Resort - um resort pequeno cujo sistema não é all-inclusive. Na diária estão inclusas 6 refeições (sem bebida), o que torna o preço da estadia um pouco mais barata do que outros resorts (no final das contas não vale a pena - o calor de Maceió é insuportável e acabamos consumindo muita bebida).

De São Paulo a Maceió são 3 horas de vôo - a Malu só dormiu na última meia hora! Ainda bem que o vôo estava vazio e as 3 poltronas estavam livres. Deu pra ela circular um pouco e se distrair.
Durante o percurso do aeroporto ao resort pensei "o que é que eu estou fazendo aqui, sozinha com a Malu, a quilômetros de distância de casa! Devo ser louca mesmo". Mas esse pensamento foi embora assim que cheguei ao resort. O resort é ótimo. É pequeno, mas pra nós foi bom pois não precisamos andar tanto pra circular de um lugar para o outro.

recepção

Visão que eu tinha da varanda do restaurante... chato né?

O resort tem berço, banheira e carrinho de bebê. Ok, o berço e o carrinho que me emprestaram não estavam em bom estado e o box do banheiro era tão pequeno que ou entrava a Malu ou entrava a banheira... rs... mas tudo bem, não estragou nossa viagem.

O restaurante do resort é ótimo, comemos muito bem todos os dias. Quando eu estava quase sentindo falta de comer uma pizza, teve a noite italiana e eu matei minha vontade. A Malu comia a mesma comida que eu (ou a comida do buffet infantil), mas alguns casais pediam para a cozinha do restaurante preparar papinhas.


restaurante

A praia do resort (Ipioca) é bonita e pouco frequentada.

Praia Ipioca

Praia Ipioca

O resort tem duas piscinas grandes. Senti falta de ter uma piscina menor só para crianças pequenas, assim a água ficaria mais morninha (bebês não gostam de água fria). Alguns casais levaram piscininhas infláveis e bóias. Eu só não levei porque não tinha espaço na mala. Bem que o resort poderia alugar esses equipamentos.

Essa é a piscina menor - fica mais afastada da praia e tem uma profundidade única.

Essa é a piscina maior - tem profundidades variadas, fica mais próxima da praia e do bar,
e é onde acontecem as atividades do resort.

 

Os lanches são servidos no bar próximo à praia. Geralmente tinha salada de fruta, salgados, mistos e tapiocas.

A Malu adorou brincar no Kid's Club, principalmente porque sempre tinha alguma criança da idade dela por ali.


Adorei o serviço de foto que o resort oferece. Todos os dias um fotógrafo da Paparazzi fazia fotos dos hóspedes. Essas fotos podiam ser visualizadas num totem, que ficava perto do restaurante, bastava digitar o número do quarto. No final da hospedagem é possível comprar um CD com as fotos escolhidas. Pra mim esse serviço foi uma mão na roda - como viajei sozinha com a Malu, pudemos sair juntas nas fotos. As fotos abaixo foram tiradas pelo fotógrafo Charles.




Esse resort fica mais próximo do centro de Maceió, o que facilita o transporte de quem deseja fazer passeios para outras praias. Eu não quis arriscar sair sozinha com a Malu em passeios longos. Saímos do hotel apenas duas vezes: a primeira vez, num passeio de meio-dia para um restaurante chamado Hibiscus, na própria praia de Ipioca. E na segunda vez, eu e mais um casal alugamos um táxi para fazer o city tour. Fomos no bairro das rendeiras (Pontal da barra) e na feirinha de artesanato da Pajuçara. Foi o dia que eu fiquei mais cansada, pois tive que carregar a Malu no colo a maior parte do tempo, mas valeu a pena, afinal quem resiste em comprar umas bugigangas?!

Restaurante Hibiscus

Bairro das rendeiras

Não posso dizer que conheci Maceió pois praticamente não saí do resort, porém foi uma viagem maravilhosa. Consegui descansar, tomar sol, curtir a piscina, a praia e principalmente a companhia da Malu. Essa viagem foi especial, aproveitamos muito! Ah, e no vôo da volta a Malu dormiu quase o tempo todo! Ufa!

Aqui vão algumas dicas (coisas que eu aprendi nessa viagem-aventura):
  • É fundamental ter o apoio e o incentivo do marido/pai da criança. Alex, você é demais! Ele me incentivou do início ao fim, a viagem não teria acontecido se não fosse pelo incentivo dele;
  • O carrinho de bebê é essencial! Mesmo que a criança ande sozinha, o carrinho é um facilitador indispensável. Eu usei muito pra me deslocar de um lugar pra outro dentro do resort e também  para fazer a Malu dormir.
  • O resort tinha uma Copa do Bebê, mas eu nem usei! Isso porque eu levei um kit pra higienizar as mamadeiras (detergente e limpador de mamadeiras), então preferia fazer isso no banheiro do quarto (acho nojento usar o limpador de mamadeiras do hotel). E também não precisei esquentar nada pois a Malu toma leite em temperatura ambiente e almoçava e jantava junto comigo (ela não curte papinhas).
  • Criar uma rotina nessa semana de férias tornou tudo mais fácil. Logo no 2º dia percebi o "roteiro" que a Malu queria seguir: acordar cedo, tomar café, brincar no Kid's Club, dormir uma soneca, almoçar, brincar mais um pouco, dormir outra soneca, ir pra praia/piscina, tomar um banho, jantar, brincar mais um pouco e dormir a noite toda. Sem estresse...
  • "Cortei um dobrado" pra entreter a Malu dentro do avião... fiquei pensando o que eu faria se a viagem fosse mais longa! Não dei Dramin e procurei dar a mamadeira durante a decolagem pra evitar dores de ouvido. Correu tudo bem. Enchi a mochila de brinquedos mas parecia que nada era suficiente pra entretê-la mais do que cinco minutos...
  • Tirando o avião, a parte que me deu mais trabalho na viagem foi o banho. O box do hotel era muito pequeno e não tinha chuveirinho. Ela teve que tomar banho de chuveirão mesmo, coitada. E como ela já fica de pé, dispensei a banheira. Eu levei um tapete de borracha na mala. Foi o que me salvou! 
  • O quarto do resort tinha aparelho de DVD. Santa Galinha Pintadinha! A Malu assistia todos os dias.
Bom, tudo varia conforme a criança, mas essa foi a minha experiência. Com certeza faremos outras viagens! :o)

10 comentários:

Marta Vilas disse...

Aline, vc é incrível, bom saber que vc gostou e que deu tudo certo, o planejamento valeu né! Legal também é o Alex te apoiar. A Marina tá para nascer e aprendi mais uma coisa com vc, tomara que um dia também possa colocar no meu blog uma viagem com ela. Um grande beijo e Feliz Ano Novo 2012 para vcs 3. Marta.

Aline Cândido disse...

:o)

Silmara Colombo disse...

Maceió tem o amr mais calmo que já vi no Brasil. Minhas filhas aproveitaram muito quando estive aí. Espero que você também tenha aproveitado ao máximo, você é uma mãe determinada.
Feliz 2012.

Sut-Mie | Viajando com Pimpolhos disse...

Olá Aline,
Muito bacana o seu relato! Adorei, vou colocá-lo na nossa página do FB e twitter!
Algumas reflexões e trocas de experiências:
- acho que o Hotel não tinha que alugar piscininhas, acho que ele tinha que TER umas para emprestar! É tão barato!
- sobre o limpador de mamadeiras, eu tb sempre levei o nosso, mas lavava a mamadeira na Copa mesmo. Mais confortável do que na pia do quarto!
- e sobre o tapete de banho, interessante vc ter levado um de borracha (precavida)! Eu pego o tapete de chão mesmo ou toalha de mão e coloco dentro do chuveiro para a criança não escorregar e poder sentar.
Bjs,
@viagempimpolhos

Anônimo disse...

Que dicas ótimas!!
Estou planejando uma viagem com minha filha de 1 ano e seu relato me ajudou muito.

Só um porém: faltoupra você um SLING!Com ele vc não ficaria cansada andando na feirinha. Falo por experiência própria... não saio de caso sem um sling nunca! Tenho 3!!!

Abraços

Nildo e Dani disse...

Oi, Aline. Acompanho seu blog e adoro ler seus relatos de viagem. Que pena que não deu para conhecer mais de Maceio, td lá é mto lindo, mas deu pra ver que se divertiu bastante com sua filhota ! =)

Tb estive em Maceio, fui em 2010 com meu esposo. Nós tb temos um blog com nossos relatos de viagens.

Bjo e aguardo para ler mais de seus relatos.

=)
www.nildoedani.blogspot.com

Michele disse...

Oi Aline
Muito legal seu relato. Amo viajar, com marido, irmã, amigas, quem quiser ir comigo. Mas nunca me aventurei a ir sozinha com minha filha. Como ela já tem 5 anos, estou querendo começar a sair só eu e ela. Estou tomando coragem. Por isso adorei seu relato. Acho que nestas férias de inverno vou me inspirar em ti e ir!!! Bj

Cristian disse...

Isso parece bom restaurante da foto. Para o tipo de arquitetura que tem ou pelo menos é o que eu realmente gosto de alguns restaurantes em sao paulo. Espero que você esteja tão delicioso que eu estou nomeando, chao

Cristiano Garcez disse...

Parabens pela postagem. Estava vendo local para viajar com minha familia (esposa e filha de 1 ano) e agora, depois de ler teu blog, está decidido! rss Valeu pelas dicas

Anônimo disse...

também gostei da postagem. Acabei de comprar os trechos e reservei o salinas de maceio. vou viajar com esposa e filho de 11meses. obrigado pelas dicas :)